Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

25/11/16

8 Fatos sobre a Indústria Hentai que você não sabia

8 Fatos sobre a Indústria Hentai que você não sabia




Hentai. Você assiste e faz um juramento a si mesmo de que isso jamais será compartilhado ou comentado com outra pessoa. Mas, você sabia que pessoas em geral conhecem mais Hentai do que animes em geral?

Vamos passar mais alguns fatos que você talvez não saiba.

1 - Primeiramente, isso não é bem chamado "Hentai".

Isso mesmo, esses desenhos pervertidos que você anda assistindo, tecnicamente não são chamados Hentai. No Japão, é chamado de seijin-anime/seijin-manga ou ero-anime/ero-manga.

Fatos Sobre a Indústria Hentai

No Japão, Hentai é mais uma "gíria" para chamar alguém de pervertido. Hentai tem sido usado como um gênero sexual no Inglês e outras línguas, por conta de algumas traduções passadas.

2 - "Hentai" tem mais buscas na internet do que "Anime"

Fatos Sobre a Indústria Hentai
Agora você sabe porque muita gente associa e pensa que anime é basicamente algo pornô.

3 - A censura presente nessas animações são feitas depois que o hentai é desenhado.

Em algum canto obscuro de um porão, provavelmente há uma versão sem censura do seu Hentai favorito. Devido as leis japonesas, é permitido produzir conteúdo pornô sem censura, mas é ilegal vendê-los.

Todas as partes boas são desenhadas de forma normal, e então, algum estagiário sortudo adiciona aqueles borrões que frustram nossas maiores imaginações. Há algum tempo, Hentai era licenciado para algumas empresas no ocidente, e a versão que essas empresas distribuíam eram sem censura.

Fatos Sobre a Indústria Hentai

Devido a problemas que esse tipo de conteúdo causava nas vendas "nacionais", por conta da importação reversa (dê uma pesquisada, é um assunto muito interessante), esses estúdios pornográficos não licenciam mais ero-animes. No entanto, algumas distribuidoras estão começando a licenciar ero-mangas.

4 - Hentai com tentáculos foi criado justamente para burlar as leis de censura.

Em 2002, Toshio Maeda revelou porque tentáculos se tornaram tão popular durante os anos 80.

"Naquela época, era ilegal criar uma cena sensual na cama. Então, eu pensei que deveria fazer algo e criei uma criatura. Seus tentáculos não são necessariamente um pênis. Eu poderia dizer, como uma desculpa, de que isso não era um pênis e sim uma parte de uma criatura. Criaturas que não possuem um gênero. Uma criatura é apenas uma criatura, então não é "obsceno", portanto não é ilegal".

Fatos Sobre a Indústria Hentai
(Então, me diga Homem-Aranha... Por acaso já assistiu Hentai?)

Isso se dá por conta das leis japonesas, que proíbem essa exposição. Isso vem do código penal japonês desde a Era Meiji.

5 - Lolicon também foi criado como uma maneira de burlar a censura.

Hideo Azuma é conhecido por ser o pai do gênero lolicon devido ao título White Cybele de 1979. Não foram tendencias pedófilas que levaram ele para esse caminho, mas sim as leis de censura japonesa.

Fatos Sobre a Indústria Hentai
Até recentemente, era ilegal retratar pelos pubianos. Uma maneira de burlar esse problema era desenhando personagens que aparentavam serem mais jovens... e na maioria das vezes eram mais jovens.

Apesar de mitos populares, lolicon sempre foi um assunto controverso para o público japonês.

6 - Alguns dos melhores mangakas começaram desenhando hentai.

Fatos Sobre a Indústria Hentai
Isso já foi dito diversas vezes, mas alguns dos grandes nomes na indústria de mangá começaram suas carreiras desenhando coisas "interessantes". Alguns desses exemplos são o grupo CLAMP (xxxHolic), Kohta Hirano (Hellsing) e Kiyohiko Azuma (Yotsuba&!).

7 - Hentai não dá muito dinheiro.

Pornô não paga muito bem. De acordo com uma pessoa por dentro da indústria que postou no fórum japonês 2ch, os dubladores ganham apenas entre 10.000-36.000 ienes por episódio, algo próximo de 302-1.090 reais. Para efeitos comparativos, dubladores de anime ganham por volta de 15.000-45.000 ienes por episódio, algo próximo de 453-1.360 reais. Como a maioria dos hentais possuem apenas 1 episódio, é compreensível entender o porquê alguns não quererem embarcar nessa.

Fatos Sobre a Indústria Hentai

Os salários dos animadores não foi revelado, mas como dubladores tendem a ter o salário mais alto, podemos assumir que eles ganham ainda menos do que seus parceiros da indústria de anime.

8 - A pirataria destrói a indústria Hentai.

Quase todo mundo assiste Hentai de forma ilegal, incluindo os próprios japoneses. Como as versões comerciais ainda são censuradas, a maioria dos clientes não possuem nenhum incentivo para comprar DVD ou Blu-Ray Hentai.

Fatos Sobre a Indústria Hentai
Revistas Hentai ainda circulam, uma vez que muitos artistas desse conteúdo podem fazer a transição para os mangás. Isso dá um pouco de prestígio para certas revistas. Eventos de fãs, como Comiket, também oferecem uma chance para esses artistas ganharem uma graninha, mas isso nunca será uma fonte confiável de remuneração, graças a ampla pirataria desse conteúdo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário