Quero morar no Japão: como fazer?

Quero morar no Japão, como fazer?





Se tem uma coisa que me deixa extremamente irritado e puto pesquisando sobre como ir morar no Japão são esses sites que dão as dicas de forma vaga demais e não te orientam direito, ou quando você vê uma matéria escrita bem assim ''COMO TRABALHAR NO JAPÃO'' e quando entra todo empolgado para ler, vê que a matéria é APENAS PARA DESCENDENTES! Eu fico irado com isso.

Por isso eu resolvi fazer esse post aqui de forma totalmente sincera de o que cacete você faz para ir morar no Japão!

Primeiro de tudo, eu vou separar esse post em duas partes: a primeira serão dicas para quem ainda é novo e tá estudando; a segunda é para você que já é velho e não está mais na faculdade.

Ikimasu!
いきます!

Se você é novo e está estudando


Seguinte, se você tá na faculdade, você pode tentar um intercâmbio, e meu amigo, tente esse intercâmbio, espere passar não. Eu já fiz faculdade, me formei e sempre tinha anúncios de intercâmbios nos corredores e eu nunca me interessei, hoje eu me arrependo pra cacete de não ter corrido atrás de um.

Se você tá numa faculdade, o melhor que você faz é ir na coordenação e perguntar como é que sua faculdade/universidade te ajuda nisso.

Tem também a bolsa de estudos do MEXT, o que é isso?

Tirado do site aulasdejapones

Todos os anos, o Ministério da Educação, Cultura, Esportes, Ciência e Tecnologia (MEXT) oferece bolsas de estudos para pessoas do mundo inteiro poderem fazer faculdade, cursos técnicos e pós-graduação no Japão. Esta é uma medida que tem como objetivo trazer talentos intelectuais para o Japão e promover intercâmbio acadêmico com os demais países do globo. Não é algo apenas para os brasileiros, e sim um processo que ocorre em diversos países do mundo

Acesse a página do consulado do Japão referente as bolsas para ver qual delas se adapta ao seu perfil (ou qual você quer), e então leia com calma e atenção todos os requisitos e todas as etapas do processo. Planejar consiste exatamente em decidir o que você precisa fazer agora para atingir algo no futuro, e para isso, você precisa saber onde quer chegar. Ler os requisitos e entender o processo é necessário exatamente para você elaborar o seu plano de ação e se preparar de acordo.
Abaixo, você pode acessar as páginas relacionadas as bolsas de acordo com o consulado que atente o estado que você reside:
Uma dica super valiosa: De tempos em tempos (a cada duas semanas), leia novamente os descritivos, isso garantirá que você não deixe passar nenhuma linha e não se esqueça de nenhum detalhe.
Como as bolsas são oferecidas para todo o mundo, este site (em inglês) apresenta uma tabela completa com os requisitos e condições de cada tipo de bolsa.
Agora você se vira aí.

Se você ainda é um colegial, ensino fundamental/médio, pergunte na coordenação da sua escola se eles tem algo do tipo.


***


Agora para você que já tem certa idade e não tá em faculdade (mas serve para você que é novo e não tá estudando também).


Basicamente, o que ocorre é que uma pessoa que É DESCENDENTE de japonês, pode ir simplesmente para uma agência de empregos lá e arrumar um emprego e ir sem precisar saber japonês (eu sei que como eu falei pareceu algo simples, mas não é assim tão rápido e simples, só mais fácil que a gente, não descendente).

Agora se você não for descendente, não preencher os requisitos de intercâmbio, visto de estudo, etc que oferecem por aí, há sim formas de você ir morar no Japão.

1. Primeiramente, você é OBRIGADO a saber japonês. Se você não tem interesse em aprender japonês já pode fechar essa matéria aqui e ir (vasculhar as outras matérias do site)fazer outra coisa da vida.

''Ah, mas eu sei inglês''.

Que bom, mas os japoneses não sabem e tu não vai viver só de inglês no 日本. Não tem pra onde correr, ou aprende japonês ou você vai como turista pra lá, agora morar não vai conseguir... até pode, se você conhecer alguém que mora lá e que te consiga um emprego em algum canto.

2. Agora que você sabe que você tem que saber japonês, você tem que ser bom no que você faz.

Você é o quê? Médico? Engenheiro? Designer? Ilustrador? Compositor? Idol? Se torne fod@ no que você faz. Fique melhor a cada dia, mas obviamente só isso não te ajuda a conseguir emprego no Japão. Você pode mandar um currículo seu (em japonês) para uma empresa ou conseguir uma entrevista e ainda assim não ser chamado.

Basicamente, se você for médico, crie um site em japonês e faça consultas de graça para japoneses, daqui do Brasil mesmo. Consiga um nome e uma fama e aí tente entrar em contato com empresas para te contratarem.

Se você for um designer/ilustrador pode tentar a mesma coisa. Existe um site chamado Workshift que você pode pegar trabalhos de freelas com empresas japonesas. Monte um currículo e tente emprego lá.

Se você for idol/compositor/artista, crie um canal no Nico Nico Douga e faça vídeos em japonês para japoneses. Temos o caso de uma garota americana que queria ser idol e abriu um canal no Nico Nico, ficou famosa e foi contratada por uma empresa e está morando lá.

Você sendo chamado por uma empresa japonesa, eles vão cuidar da caceta toda para você.
Mas primeiro você tem que saber japonês. Um japonês quase perfeito. Japonês fluente.

Você desenha mangá e quer ser mangaká lá? Aprenda japonês e publique seu mangá online e em japonês, vai que uma editora te chama; ou você pode tentar o Silent Manga Audition que é um concurso de mangás, e não é o único, existem muitos outros (mas não sei eles agora, se souber deixa aí o link nos comentários por favor).

Muitos sites falam ''Você deve ser um bom profissional, e depois sondar empresas japonesas'', sabe como você faz isso? Aprende japonês, e depois pesquisa no Google em japonês por vagas de emprego na sua área. Você não vai achar nada ou vai achar bem poucas vagas de emprego em empresas japonesas pesquisando em português ou inglês.

Outras formas de ir é, você namorar com um japonês ou uma japonesa e casar com ele/ela e pegar visto de cônjuge.

No mais, podem até surgir outras oportunidades. O fato é, você tem que correr atrás! Não existe uma fórmula mágica que se você fizer você vai morar lá e nenhum guia vai te ajudar.

Mas você sabendo japonês já é muito caminho andado, porque sabendo japonês você vai poder procurar as coisas EM JAPONÊS, no lugar correto, e falar com japoneses pela internet.

Agora vamos a parte chata.

Ano passado, eu abri uma série aqui no site da VSA chamada Aprendendo Japonês Sozinho, que se baseava em aulas de japonês que eu disponibilizava aqui no site e dicas de estudo que eu enviava direto por e-mail.

Durou por um bom tempo mas eu acabei parando de fazer os posts. Não, eu não queria ter parado mas eu tive alguns problemas pessoais. O pior foi que eu fiz uma promessa de estudar forte todo dia e fazer posts para todos que confiaram no que eu disse para estudar também e deixei vocês no vácuo, perdoem mesmo.

Bom, eu irei voltar com o projeto, começarei essa semana ainda ou no mais tardar semana que vem.

Como será: eu vou fazer posts diários, tirando sábado e domingo, botar algumas aulas/dicas de japonês ou falar algo sobre o Japão no sentido de estudar/morar lá, além disso vou dar dicas de cursos online/presenciais pagos ou gratuitos, distribuir materiais de estudo, e vocês aí nos comentários poderão ajudar enviando links e materiais de japonês também.

Algumas coisas que eu quero deixar claro, eu não sou professor, eu não sou 100% fluente em japonês e eu não sei dar aula, vou fazer apenas o máximo para passar as coisas da melhor forma possível para vocês e dividir meu crescimento com todos.

Bom, inicialmente eu peço para você se inscrever na semana de japonês do Luiz Rafael. Ele sabe japonês, aprendeu, já foi pro Japão e tem um curso online pago, mas duas vezes no ano ele faz uma semana com vídeos gratuitos para você assistir e caso queira, comprar o curso dele. Caso não, você pode ficar com o material que ele dá e estudar.

E só clicar no banner grandão que tá lá em cima do site, ao lado da nossa marca.

Segundo, acompanhar nosso site todo dia com todas as dicas e aulas que irei botar aqui. Como eu disse, eu não sou professor, então se eu botar alguma informação errada, pode corrigir nos comentários.

O que eu farei é juntar todo o conteúdo gratuito de japonês aqui no site. Se formos parar para pensar, tem um curso inteiro de japonês na internet e de forma grátis, mas tem um pouco num site, um pouco em outro, um tico em outro, e o que eu vou fazer é juntar tudo. Antes farei um post que será um índice para todos os posts de aulas de japonês que eu disponibilizar.

Então estamos conversados e entendidos? Prometo solenemente que caso algum dia não tenha aula de japonês aqui no site, eu postarei no Twitter da VSA o motivo de não ter o post. Você que tem conteúdo pode passar para mim também.

O índice eu farei logo, provavelmente amanhã.

E coloquem seu e-mail aí embaixo, para enviar o conteúdo aqui do site direto pro seu e-mail também.

Subscribe to our mailing list

* indicates required





Com isso eu vou poder enviar conteúdos que eu não poderei postar aqui no site.

É isso pessoal!

ありがと!

0 comentários:

Postar um comentário