Os discursos das candidatas ao trono

re zero candidatas








No episódio 12 de Re:Zero nós conhecemos as 5 candidatas ao trono de Lugnica, Emilia, Priscilla, Anastasia, Crusch e Felt, e cada uma fez um discurso bem picotado no anime.

Um resumo bem resumido das 5 está nesse nosso post (que leva mais pro lado do humor).


Você pode ir lá comentar também, está rolando uma discussão bem legal.

Mas enfim, o anime picotou muito o discurso das 5 candidatas, então hoje vamos passar eles completos (ressaltando que, vamos passar o discurso da versão do mangá, que é mais completo e onde mais gente tem acesso, apesar do mangá ser bem fiel a novel), e analisar cada candidata, onde darei minhas opiniões pessoais também.

Lembrem que estarei passando a versão do mangá, na ordem dos discursos do mangá e suas falas completas.

1º Candidata: Crusch Karsten

re zero eleição





















Discurso: ''Eu acredito que todos vocês desejam que eu suceda o trono, a família Karsten tem conexões com a família real e tem grande influência na política.

Vocês todos assumem que nada irá mudar se eu assumir, não estou certa? Porém, eu não posso prometer isso.

O Reino Dracônico de Lugnica, nosso país cresceu e prosperou sob a proteção do pacto com o Dragão. Eu reconheço a paz que nós tivemos graças ao pacto com o Dragão, o Dragão irá nós ajudar em tempos de necessidade.

Eu pergunto a vocês... Vocês não sentem vergonha!? (Nesse momento um dos homens lá do reino interrompe ela dizendo que ela está querendo negar a história do reino, do qual ela responde que reconhece os benefícios do pacto com o Dragão e que sua família se beneficiou disso e ela continua)

Porém, o futuro é uma história diferente! Esse país se tornou muito dependente do pacto e se tornou fraco! Vocês acham que estamos preparados para eventos que a Pedra das Inscrições do Dragão não mencionam? Dependência faz nascer a estagnação e a estagnação traz a corrupção, corrupção eventualmente traz a destruição, é assim que eu vejo! 

Se vamos morrer sem o Dragão, nós deveríamos nos tornar o dragão! Quando eu me tornar rei, eu vou fazer com que o Dragão esqueça o pacto, Lugnica não é posse do Dragão, ela é nossa!

Com certeza teremos momentos difíceis, entretanto, eu gostaria de viver minha vida da forma que eu quero, se possível eu gostaria de dar isso ao reino também. Isso é tudo!

E assim se encerra o discurso de Crusch, e eu entendo o ponto que ela quer chegar. Realmente ficar muito dependente do Dragão pode ser prejudicial, e ela quer deixar o país forte e independente, e também se mostra preocupada com corrupção.

A parte ruim e que eu duvido muito que o povo (e os nobres) queiram deixar de receber a proteção do Dragão, e esse é o maior obstáculo que ela vai enfrentar.

2º Candidata: Priscilla Barielle

re zero eleição





















Discurso: ''Me escutem! Eu estou na realeza porque os céus querem que eu esteja! Esse mundo é cheio de coisas que vem até mim, portanto eu sou a mais digna de me tornar Rei. Não, ninguém mais é capacitado. Tudo o que vocês precisam é serem obedientes a mim!

Nisso Miklotov pergunta a Priscilla o que eles irão ganhar ao serem obedientes à ela.

Isso é simples, sendo obedientes significam que vocês estarão no lado vencedor, eu vou permitir que vocês tenham qualquer coisa que queiram''

Nisso ela para de falar e Al acaba tomando a voz, e explica que Priscilla tomou conta das terras de seu falecido marido, onde acabou trazendo prosperidade para a terra. Al diz que Priscilla é um gênio da adivinhação, que tudo que ela adivinha está correto toda vez, e assim se encerrou.

É.... eu não confiaria, não votaria numa pessoa que chega e diz que é adivinha e que vai tudo melhorar porque ela vai mandar em tudo (apesar de que ela ter levado prosperidade para as terras do marido é algo a se considerar)

3º Candidata: Anastasia Hoshin

re zero eleição





















Discurso: ''Infelizmente, eu não tenho uma ambição grande como a de Crusch-san ou a certeza de que sou a escolhida como Priscilla-san, porém, tem uma coisa que eu posso falar: eu sou um pouco mais gananciosa que os outros (ela diz isso com um grande sorriso).

Eu era uma serva de uma empresa comercial, houve um dia em que eu acabei dando minha opinião de como as coisas eram feitas, e gradualmente eu fui posta em posições e situações de negócios maiores. Eventualmente eu vou ganhando o suficiente para esquecer meu passado pobre.

Eu supostamente deveria me sentir aliviada, mas eu me sinto mais pobre do que antes. Na proporção que minhas conexões aumentavam, a quantidade de coisas que eu queria aumentavam, e essa é a coisa assustadora sobre ganância. Eu quero isso, e aquilo, e mais, mais, mais, mais, e antes que eu notasse, era a presidente da Hoshin Comercial, uma das empresas mais fortes em Kararagi. Porém isso ainda não me satisfaz, eu não me sinto capaz de sentir a sensação de suficiência. Eu quero algo maior, algo que seja muito maior do que já tenho. EU QUERO ESTE PAÍS.

Eu sou gananciosa, tudo que eu obtenho é meu, e tudo que é meu faz parte da minha paixão, é por isso, vocês podem relaxar e se tornarem meus''

Depois o Julius fala sobre as capacidades de administração da Anastasia e de que ela é a mais indicada.

Então, Anastasia se mostrou até agora a mais capacitada no quesito economia, nenhuma das 5 candidatas consegue derrotar ela nesse quesito; o que me preocupa é essa ganância dela. Talvez você tenha medo de que Crusch queira começar guerras, sim pode realmente acontecer disso, mas Crusch quer se preparar para possíveis ataques.

No caso de Anastasia, depois que ela se tornar a rainha, ela não vai querer invadir os outros países? A ganância dela não terá fim, isso é o que me preocupa, ela pode muito bem tentar ''pegar'' os outros países por meios legais usando a economia para isso, como ocorreu em Magi.

Enfim, o que acham? É só essa minha preocupação mesmo.

4º Candidata: Emilia

re zero eleição





















Discurso (Emilia estava muito nervosa e gaguejando enquanto discursava): ''P-prazer em conhecer vocês, m-meu nome... é E-Emilia. E-eu não tenho um nome de família, a-apenas me chamem de Emilia

Só de falar isso Bordeaux interrompe falando que era uma afronta trazer uma meio-elfa, nisso Roswaal fala besteira, Subaru se irrita e vai pra cima de Roswaal, que lança uma magia em Subaru e Puck aparece protegendo ele; eis que todos ficam surpresos por Emilia ter um contrato com um espírito tão poderoso. Puck diz que todos ali deveriam agradecer à ela, pois por ordens dela ele não tava congelando todos ali. Roswaal confessa que as besteiras que disse eram para ela se acalmar e então ela começa a falar decentemente:

Meu nome é Emilia, eu não tenho um nome de família, me chamem de Emilia, e eu vou pedir uma coisa à vocês: eu desejo que a eleição seja justa! É muito importante para mim que a eleição seja justa, e é por causa disso eu não irei trapacear, como tentar roubar o trono usando meu contrato com meu espírito. Eu sou ainda inexperiente comparada com as outras candidatas, existe muito o que eu não sei e tenho muito o que aprender, é por isso que vou continuar dando meu melhor.

Hoje eu percebi até onde quero chegar, eu não sei se meus esforços são dignos do trono, entretanto meus sentimentos não irão perder para o dos outros. Me avaliem justamente. Eu, Emilia que não possui nome de família''

Depois disso o Subaru se auto declara o cavaleiro dela.

Analisando a Emilia agora, foi uma apresentação basicamente. Ela não demonstrou nenhuma habilidade e seu discurso foi bem diferente da versão anime. Eu não vejo a Emilia ganhando essa eleição (pelo menos nesse primeiro momento), pois o medo da população com ela é maior.

Veja bem, não é preconceito por ela ser meio-elfa, é medo, pois ela tem a mesma aparência da Satella, a bruxa da inveja que quase destruiu o mundo, e justamente por causa desse medo eu vejo muita dificuldade na Emilia conseguir vencer essa eleição. E nem adianta vocês falarem que ela é a melhor escolha só porque é a protagonista da história.

5º Candidata: Felt 

re zero eleição





















Discurso: ''Eu fui forçada a vir aqui da favela, eu não tenho intenção de me tornar rei''

Nisso ela é interrompida pelos nobres que odiaram o fato dela ser da favela. Reinhard toma a palavra e diz que ela merece ser candidata ao trono; o Rom aparece, gera uma treta (igual Subaru fez com a Emilia), e ela é convencida a participar da Eleição, pois se não fizesse Rom seria preso; ela não discursa mais, e a eleição é iniciada.

No caso da Felt, no mangá ela nem conseguiu discursar direito. Uma coisa que atrapalha ela é o fato de ser da favela, porém isso só é ruim para alguns nobres, creio que o resto da população ficará até feliz de saber disso. Um ponto que conta muito pra ela é o fato de Reinhard ser seu cavaleiro, já que ele é o homem mais poderoso dali, e isso já gera uma boa credibilidade.


re zero eleição

Quais candidatas nesse primeiro momento mais te agradou? Comente aí embaixo em qual você votaria nesse primeiro momento ou se está na dúvida!

0 comentários:

Postar um comentário