Impressões: Re:ZERO (Episódio 24)






E estou de volta dessa vez para dar minhas impressões sobre o episódio 24, que apesar de ter menos ação, tem mais evolução de enredo. Se você ainda não leu minhas impressões sobre o episódio 23, eu recomendo dar uma passada lá antes.

Minhas percepções desse episódio serão feitas puramente com base nele e episódios anteriores, nada de web/lightnovel, mas caso ainda não esteja por dentro, você pode ler nossos spoilers até o início do arco 6 aqui.

Como de costume, vou deixar um resumo do episódio, até porque, imagino que vocês não queiram ler o que aconteceu literalmente nele, e sim o que podemos tirar de conclusão.

Episódio 24

Resumo do Episódio: Subaru retorna da morte no ponto após a vitória sobre a Baleia Branca. Ele aproveita para tirar todas as dúvidas e resolver qualquer mal-entendido que aconteceu no loop anterior. Metade da vila é evacuada para a capital e a outra metade segue para o Santuário. Subaru consegue surpreender o espião, e com o Metia dele, planeja uma armadilha para a Preguiça. Com todos os dedos derrotados, Subaru e Julius juntos elaboram uma estratégia para derrotar a Preguiça de uma vez por todas.

Análise do Episódio e Personagens

Primeiramente, eu não estou nem aí se o Ferris é homem, não tem como não achar ele fofo. Quero ver até onde Subaru vai resistir a esse charme intoxicante. Com a provocativa mordiscada de Ferris, Subaru percebe que retornou da morte momentos após a vitória da batalha contra a Baleia Branca.

Aparentemente, a mudança de comportamento de Subaru, dos primeiros episódios para agora, é definitiva. Pretendo falar mais dessa mudança quando fizer a análise da temporada inteira. Mesmo tendo retornado do loop, Subaru ganhou pontos suficientes na batalha contra a Baleia Branca para ganhar a confiança de todos ao seu redor, mesmo quando ele não tem uma explicação do porquê ele ter certas informações/conhecimentos/previsões. E se no episódio 23, vimos a perspectiva do momento de Subaru, no episódio 24 podemos presenciar a perspectiva de Emilia.

Emilia finalmente parece estar recebendo um pouco mais de atenção nesse final, porque com frequência, me esqueço que ela faz parte do anime. Porém, logo no início do episódio, a interação dela com Pack mostra parte dos acontecimentos do episódio anterior, onde ela tenta conversar com a vila mas é desmerecida por todos. Emilia tem o jeito de ser aquela personagem que todos odeiam, destratam, olham torto no início e que aos poucos vai ganhando a confiança por demonstrar coragem, determinação e força. Esse é o jeito ninja da Emilia. O papel de Emilia nesse episódio é apenas ressaltar essa busca de aprovação das pessoas e ressaltar a forte ligação entre ela e Pack.

A Ram, apesar de linda como sempre, neste episódio serve apenas para complementar e nos explicar o que está acontecendo. O que me chamou a atenção nela foi um olhar meio vazio, meio sem vida. Não sei se é algo relacionado a animação do episódio, que eu achei abaixo da média, mas a Ram desse episódio me pareceu sem emoção e muitas vezes robótica.

Durante a parte em que Subaru, e as outras crianças tentam “animar” Emilia para ir na carruagem com eles, Petra cita o nome de Subaru várias vezes, dizendo como ela o acompanhava feliz e que por isso eles confiavam nela. E ainda assim, não temos uma reação ou qualquer menção do nome de Subaru por parte dela. O máximo que temos é um brilho no olhar quando Petra estende a mão para ela. Essa falta de ligação entre os dois é o que fortalece a preferência da maioria por Rem. Se por um lado vemos uma demonstração de afeto e carinho entre Rem e Subaru, falta algo que enriqueça um pouco o relacionamento de Emilia e Subaru, pois parece que neste último, a balança pende apenas para um lado. Mas de novo, tudo isso é fruto da omissão da personagem nos episódios mais recentes.

Otto faz uma aparição tão rápida que, se piscarmos por um segundo, ele some da sua tela. Até agora, tirando por um dos loops, Otto tem demonstrado ser o “comic relief character” de Re:ZERO. Ou seja, o cara que está lá pra aliviar a tensão do enredo e do drama principal, trazendo comentários e diálogos que faça a gente rir e esquecer um pouco da seriedade do momento.

Conforme eu havia dito nas minhas impressões do episódio 23, Subaru tem demonstrado as skills de um bom líder. Utiliza seus conhecimentos e habilidades para traçar estratégias, é analítico, e acima de tudo, motiva os demais. Já vimos um pouco disso na luta contra a Baleia Branca. Mais uma vez elaborou planos de modo a fazer as coisas acontecerem a seu favor, e toda vez que o faz com sucesso, ganha a confiança de pessoas importantes como Ferris e Julius, que é reforçado nesse episódio. Vou deixar eles para o final.

Petelgeuse, a cada episódio que passa, esse cara parecer ficar ainda mais excêntrico! Tudo que ele fala e faz é memorável, e apesar de termos péssimas memórias dele em alguns episódios, eu só sinto que o episódio está completo quando ele aparece. Nesse episódio ele acaba explicando algumas coisas importantes sobre o enredo e entendemos um pouco mais suas ações e motivações.

A batalha entre Petelgeuse, Subaru e Julius acontece em um dos cenários mais memoráveis do anime, o penhasco onde Subaru se suicida nos loops da mansão. Mais uma vez temos um “bromance” entre Subaru e Julius, que apesar das negações, já se reconhecem e se respeitam. Com o trabalho em equipe, eles conseguem neutralizar as mãos invisíveis de Petelgeuse, e Julius termina com uma frase que sela a aproximação deles de uma vez: “Meu amigo, Natsuki Subaru!”

A conclusão que podemos tirar é que, apesar de estarmos em outro loop, o relacionamento que se firmou nesse episódio entre Julius e Ferris com Subaru vai se manter. A situação, apesar de divergente, acabou levando os personagens no mesmo caminho. Ferris, por sua personalidade e agora que reconhece a força de Subaru, fica mais íntimo e próximo de dele. E Julius, que também presenciou a força, determinação e liderança de Subaru, enfim parece tê-lo reconhecido como um cavaleiro e companheiro. A carga emocional desse episódio é infinitamente menor do que o anterior, mas nele temos a consolidação do laço desses personagens e a certeza de que não foi apenas mais um amor de verão, digo, loop.

A expectativa que fica para o episódio final é termos alguns pontos finais em questões ainda abertas, mas acima de tudo, um “cliffhanger”, um suspense, que nos confirme uma nova temporada no futuro.

Se você quer saber mais da personalidade de Ferris e Wilhelm, eu recomendo fortemente a lerem o resumo quetraduzimos da Light Novel Re:ZERO EX.

0 comentários:

Postar um comentário