Animes podem ser salvos, Kickstarter chega ao Japão!

Animes podem ser ''salvos'', Kickstarter chega ao Japão!



O Kickstarter anunciou que eles estão expandindo a sua plataforma de arrecadamento de fundos para incluir projetos diretamente do Japão ainda esse ano.

Pra quem não conhece, o Kickstarter é um site onde se pode iniciar um projeto e arrecadar fundos para ele, se a galera gostar do seu projeto eles doam para ajudar o projeto a ser realizado. Obviamente, os criadores sempre deixam algumas recompensas para quem doa, então acaba sendo bem legal ajudar os projetos que você gosta e ganhar algumas recompensas deles.


Isso significa que agora os fãs internacionais podem ter a oportunidade de contribuir para o financiamento de animes. Alem disso, isso dá aos criadores uma outra via para financiar os seus projetos: Criar um episódio piloto e apresentar à um comitê ou criar projetos indies menores.

Houveram alguns projetos no Kickstarter para financiar animes no passado, como Little Witch Academia: The Enchanted Parade e Under The Dog, mas eles foram obrigados a ter uma pessoa e uma organização não japonesa representando o projeto. O objetivo do Kickstarter agora é remover essa necessidade de intermediário, o que tornará mais fácil para os estúdios japoneses de executar as suas campanhas.

Under The Dog arrecadou 878.028 dólares no Kickstarter.
Kickstarter chega ao Japão

O Japão também tem algumas plataformas de arrecadamento de fundos, como o Makuake e o Campfire, mas eles acabam limitando a contribuição internacional.

Comitês ainda são vitais para a criação de um anime, mas os criadores tem recorrido a arrecadação de fundos para complementar os seus orçamentos de produção (leia-se, fugir dos comitês de produção, isso porque a maioria dos estúdios são contratados por comitês, que são os ''donos'' dos animes, o estúdio apenas recebe para produzir o anime e depois recebe apenas uma migalha da venda de produtos)

Little Witch Academia: The Enchanted Parade arrecadou 625.518 dólares no Kickstarter
Kickstarter chega ao Japão

Agora só resta esperar pela implementação do Kickstarter no Japão, já que isso pode acabar sendo revolucionário e mudar a forma de como animes podem ser financiados.

Lembrando também que isso pode ajudar muito no arrecadamento para visual novels também, o Kickstarter já é bastante usado para arrecadar fundos para trazer visual novels para o Ocidente, com essa mudança, isso pode ajudar muito as produtoras a fazerem o processo todo diretamente do Japão.

O termo ''salvar'' a industria de animes no título é uma zoação com esses sites que ficam falando que a industria precisa ser salva, anime é algo que dá dinheiro e é por isso que saem mais de 40 animes toda temporada, a industria não precisa ser salva, eles estão lucrando, o Kickstarter só vai engrossar ainda mais o bolso deles e talvez libertar alguns estúdios das mãos malignas dos comitês de produção, resta aguardar o que vai acontecer agora.

Texto
Fonte

0 comentários:

Postar um comentário