Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?

Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?




 Miles, Social Manager do Crunchyroll, foi ao twitter 100% Pistola esclarecer de uma vez por todas como é a Indústria de animes, isso por conta da matéria que o próprio Crunchyroll publicou mais cedo, informando que a cada 4 estúdios de animes, 1 esta no vermelho.

Obviamente a matéria foi puro clickbait, até porque quem é fã de anime não entende de economia e não sabe que isso é normal, já começaram com o ''animes estão falindo, falindo'', então ele foi tentar esclarecer e vejam só a verdade.

Nós aqui da Você Sabia Anime estamos preparando um post gigante sobre a indústria dos animes para esclarecer algumas coisas que vejo serem espalhadas ai como verdades para vocês.

Mas vamos ver primeiro o que o Miles diz:
Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?

Vamos desfazer algumas enganos sobre a indústria dos animes.

Ele cita que alguns blogs/sites de animes passam informações falsas e que a indústria hoje não é a mesma de 5, 10, 15 anos atrás, e que não se pode levar o que era estabelecido naqueles anos pro atual.

Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?

''Mais de 25% dos estúdios estão no vermelho.. o que é, algo completamente normal pelo tamanho/idade deles'' (economia simples e pura, nem toda empresa que abre vai prosperar, algumas irão sim falir.

''Existem mais de 600 estúdios ativos neste momento, e mais de 500 deles são em Tóquio (apenas um fica em Toyama)

''A maioria dos estúdios não produz todos os episódios, não é incomum 2, 3 ou até mesmo metade do anime ser terceirizado'' (o que sai mais barato em teoria)

''POUCOS estúdios escolhem os animes que querem fazer, na maioria, eles são contratados por comitês de produção para adaptar um título já existente ou um conceito.''


Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?

''Co-produção internacional de anime está em alta atualmente, dois dos produtores de anime mais lucrativos do ano passado não são japoneses''

''DVD/BD dão apenas 5% do lucro total de um anime'' (então um DVD/BD não faz segunda temporada)

''A venda de DVD/BD tem caído no Japão há 5 anos, e os DVD/BD de anime não são exceção, aumentando então a popularidade de tickets de loteria'' (basicamente, o que vende um DVD/BD de anime não é necessariamente o anime em si, mas sim os extras que ele tem, obviamente tem gente que compra o DVD/BD por gostar da série, mas os extras são o maior atrativo para fazer as vendas bombarem)

''Quase metade do público da Shonen Jump são mulheres apenas no Japão, como algumas séries que a maioria do público são mulheres como One Piece''

Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?
''A grande maioria da pirataria de animes em 2017 vem de sites ilegais de streaming - torrent é um nicho agora comparado há 10 anos atrás''

''A maioria dos animes mais assistidos em sites ilegais estão disponíveis de graça em sites legais''

''Não existe um aumento de animes ''moe'' sendo feitos comparado há 10 anos atrás, apenas temos mais animes''.

''Anime não é pior hoje do que há 10 anos, ou 20 anos, a gente apenas tem tudo hoje, (nesta segunda parte, ele disse que naquela época nós tínhamos apenas os melhores, e que os ''piores'' não foram licenciados''


Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?

 ''O orçamento é bastante consistente de anime para anime - animação ''boa'' não tem relação com ''orçamento''

''Mercadorias é uma parte muito importante para os animes, mas geralmente, os animes que mais ganham com mercadorias são os infantis''

''Licenciar um anime não é fácil, coisas como relacionamentos, politica e objetivos secundários de negócios são cartas trunfos também''

''Mais de 35% do lucro de animes em 2015 veio do exterior, E não fique surpreso se esse número subir''

Vamos esclarecer como animes ganham dinheiro?

''Geralmente os estúdios não estão no comitê de produção do anime que eles estão produzindo, então seu envolvimento no lado dos negócios é limitado''

''E NÃO, A MADHOUSE NÃO TEM ''PROBLEMAS'' EM FAZER SEGUNDAS TEMPORADAS''

''Geralmente diretores e animadores não são contratados dos estúdios, eles são contratados para aquele trabalho em especifico''

''Anime não é feito apenas para vender o material original, mercadorias, DVD/BDs ou alguma outra coisa - cada anime faz $ de várias formas diferentes''.

----------------------------

Que declarações, e ai? o que acharam do que ele disse?

A verdade e que não dá para saber se um anime ganha nova temporada apenas vendo vendas de DVD/BD e do mangá/light novel, esses números são divulgados é mais para os fãs só terem uma noção do quanto sua série vende, mas quem produz ta vendendo muito mais coisas.

Pegue Re;Zero por exemplo, se eu fosse chutar uma previsão, diria que ele tem tudo para ter uma segunda temporada,  porque vamos aos fatos:

Eu sigo o twitter oficial de Re:Zero desde que o anime estava passando, os DVD/BD venderam +- 10.000 cópiad certo? Dai temos a Light Novel que vendeu bem também, temos várias figures, figure em tamanho real da Rem, tivemos vários eventos de Re:Zero no Japão, vários mesmo, Re:Zero foi re-transmitido algumas vezes no Japão, eu contei 2.

Ele ainda teve sua Light Novel licenciada para outros países (como Estados Unidos e Brasil, alguns países da Ásia publicam Re:Zero também), além disso tivemos evento de aniversário da Rem, onde foi divulgado que deu um ótimo lucro para o pessoal lá, e tem CDs, tem aplicativos pagos no IOS e Android, tem game agora para o Playstation 4 e PSVita, então você quer mesmo saber se terá uma nova temporada só com venda de DVD;BD?

E porque to falando isso? Porque na página, quando eu postei curiosidades sobre Kobayashi-san, muita gente comentava: ''o anime vendeu pouco DVD, não vai ter segunda temporada'', e foram tantos comentários assim que eu fiquei meio irritado por saber que não era assim, mas passei a estudar muito o assunto para poder fazer uma postagem completa aqui no site, antigamente DVD/BD era uma das fontes de renda principais, hoje já não é tanto assim, eles são importantes, mas não são isso tudo de importante também (ok, depende da produção do anime, animes produzidos por comitês de produção bem menores e mais fracos acabam dependendo um pouco mais das vendas de DVD/BD)

Como uma pessoa que trabalha no Crunchyroll, e que usou como fontes, entidades japonesas, as informações são realmente confiáveis, algumas pessoas já confirmaram o que Miles declarou pelo twitter conferindo algumas coisas.

Um conselho a você, se quiser assistir animes e apoiar a indústria, veja no Crunchyroll, na Netflix, Daisuki ou tente assinatura nos sites americanos, tente assistir de forma legal.

Fonte

0 comentários:

Postar um comentário