Diretor de Gintama diz que estúdios vão morrer em 10 anos

Diretor de Gintama diz que estúdios vão morrer em 10 anos




O diretor de animes Shinji Takamatsu (que trabalhou em Gintama, School Rumble e Gundam Wing) respondeu no twitter (em vários tweets) ao programa da NHK, o Close-Up Gendai+ onde eles falaram sobre a industria de animes e seus problemas.

Takamatsu concordou com algumas partes mostradas no programa, mas criticou algumas coisas que foram exibidas

Takamatsu disse primeiro que usar AI ou CGI não vai ajudar a industria de animes porque fará animadores que já ganham pouco perderem o emprego.

Ele também diz que animes custam mais do que outros programas de TV, que por conta dos custos trabalhistas serem agrupados, o salário é pequeno.

Um episódio de anime envolve muitas pessoas trabalhando, Takamatsu disse que se 10 milhões de ienes (90.000 dólares) forem divididos entre 200 pessoas, cada uma receberá 50.000 ienes (455 dólares).

Ele disse ainda que muitas pessoas sujerem diminuir o número de animes produzidos e aumentar o custo de produção, porém Takamatsu chamou essa linha de pensamento de bobagem, ele disse que se um estúdio estiver fazendo um anime de um cour por 100 ou 200 milhões de ienes (910.000 dólares a 1.82 milhões de dólares, eu prefiro botar o valor em dólares porque real né....), os produtores não terão a certeza de que o show vai vender, ele completa ''não vejo ninguém querendo assumir esse risco''.

Em 2015 Takamtsu disse que um anime custa entre 150 a 200 milhões de ienes (1.37 milhões a 1.82 milhões), para ser produzido, e que ''esperar fazer esse dinheiro em vendas de discos é um negócio fracassado'', continuando a falar sobre o programa, ele disse que atualmente existem poucos animes lucrativos.

Ele ainda falou sobre o programa da NHK que disse que os diretores recebem uma parte do dinheiro com vendas de discos, porém ele disse que nunca recebeu nada, ele falou que talvez tenham diretores que recebam uma % nas vendas de discos por causa de contratos, mas que não importava quantos discos o anime vendesse, ele nunca viu a cor do dinheiro.

Ele ainda falou sobre Osamu Tezuka, que muitas pessoas creditam a culpa do ''pouco orçamento para produzir anime'', ele produziu Astro Boy, o primeiro anime para TV do Japão, com um orçamento baixo, Tezuka gastou do seu próprio dinheiro para fazer mercadorias e produção.

No entando, Takamatsu disse que atualmente, o custo baixo para produzir animes é uma lenda urbana com ''meia verdade e meia mentira''. De acordo com Takamatsu, Astro Boy foi vendido para uma emissora de TV por preço baixo, no entanto, Tezuka acreditava que outros estúdios não fariam animes por esse preço, então ele pagou com seu próprio dinheiro os funcionários.

Takamatsu ainda disse mais, falou que prevê que os estúdios não vão aguentar nem 10 anos e vão todos falir e que apenas isso irá mudar a forma de se produzir animes.

Os seus comentários obviamente levantaram várias discussões na internet, e algumas de suas declarações acabam contra dizendo a de outros diretores e pessoas que trabalham na indústria (o que é normal, entendam uma coisa, o que pode servir para uma empresa não necessariamente serve para a outra, cada um tem um modo de trabalhar, então isso vai ser diferente para cada um).

Fonte



0 comentários:

Postar um comentário