Estúdios e animadores mal pagos, mas os animes estão lucrando como nunca

Estúdios e animadores mal pagos, mas os animes estão lucrando como nunca



Como vocês devem já estar sabendo, atualmente a indústria de animes passa por uma ''crise'', pois os estúdios e as pessoas que trabalham produzindo animes estão ganhando pouco, chegando ao ponto de pessoas desistirem de se tornarem animadores. E tudo isso ocorre com os animes ganhando 18.2 bilhões de dólares de lucro.

O programa da emissora NHK, Close-Up Gendai+ falou sobre o lado negro da indústria nesta quarta-feira, o episódio mostrou os problemas financeiros e a expôs as condições de trabalho dos animadores. O diretor Yasuhiro Irie (Fullmetal Alchemist Brotherhood), O representante da Toray Corporate Bussiness Research, Naoki Atsumi e os apresentadores Shinichi Taketa e Izumi Tanaka apareceram no programa.

O programa exibiu um gráfico que mostra o lucro que os animes tivemos ao longo dos anos, a parte vermelha representa o lucro total daquele ano, enquanto a barra amarela representa o que os estúdios receberam

Estúdios e animadores mal pagos, mas os animes estão lucrando como nunca

Como podem ver, desde 2012 os animes vem crescendo em lucro, mas porque então os estúdios ganham tão pouco? Acontece que os animes são produzidos por Comitês de Produção, e é o comitê que detém a IP do anime, não o estúdio, normalmente o estúdio é contratado e pago pelo comitê para produzir uma série.

Então o lucro com discos, figures, cds, mercadorias, licenças internacionais e derivados vai em maior parte para os comitês, o estúdio fica com uma pequena %.


O que são comitês de produção?


Um trabalho de 30 minutos precisa de mais de 3000 ilustradores, animadores in-between recebem 200 ienes (2 dólares) por ilustração e conseguem produzir 20 páginas por dia. Porém, eles só esperam receber 100.000 ienes por mês (911 dólares)

A Associação de Criadores e animadores do Japão (A JAniCA), reportou em 2015 que os animadores trabalham em média 11 horas por dia e eles tem apenas 4 dias de folga por mês (me sinto agora vendo produto fruto de trabalho escravo).

A imagem abaixo é meio chocante, abaixo você vê que um animador começou a trabalhar às 11:30 am no dia 22 de Maio e terminou às 5:10 am do dia 23 de Maio.
Além disso a imagem abaixo revela que um animador chegou a fazer 100 horas extras em um mês.

Estúdios e animadores mal pagos, mas os animes estão lucrando como nunca

O co-fundador, presidente e CEO do Production I.G, Mitsuhisa Ishikawa, disse que a indústria de animes tem falta de pessoas com habilidades de negócios para monetizar o sistema de forma satisfatória.

Estúdios e animadores mal pagos, mas os animes estão lucrando como nunca

O programa ainda mostrou a Polygon Pictures como um estúdio com uma boa operação, lá, cujo trabalho é focado na animação 3D, as luzes do estúdio são apagadas às 10.00 pm para encorajar os trabalhadores a irem para casa.

Estúdios e animadores mal pagos, mas os animes estão lucrando como nunca

Em maio deste ano (2017), Taiki Nishimura disse que ele ganha mensalmente o valor de 100.000 ienes (aproximadamente 900 dólares), para cada anime que ele trabalha. Ele disse que gostaria de trabalhar em apenas um anime por vez, mas que ele tem que trabalhar em dois ao mesmo tempo para poder se manter.

A JAniCA divulgou em 2015 que após 759 animadores responderem sua pesquisa, foi revelada a média de salário de um animador, que seria ao todo de 27.689 dólares por ano no Japão em 2013.

Foi revelado também que 40% das pessoas que trabalham com animes são freelancers, enquanto apenas 15% são realmente pessoas contratadas com benefícios.

Por que isso está acontecendo? Por que os estúdios/animadores estão ganhando a mesma coisa de anos atrás sendo que os animes lucram mais e mais a cada ano que passa?

O que ocorre é o seguinte, animes dão dinheiro, muito dinheiro, que em sua maioria vai para os comitês de produção, e esses comitês, em vez de pagar um valor melhor aos estúdios, estão usando o dinheiro extra para pagar por mais animes, por isso que a quantidade de animes e projetos cresce absurdamente a cada ano.

Essa é a razão de várias pessoas que trabalham em estúdios não gostarem dos comitês de produção, pois eles e que tem o controle sob o anime e sob o lucro dele, infelizmente, poucos estúdios hoje no Japão conseguem fazer um anime sem a ajuda de um comitê.

Fonte

0 Comentários:

Postar um comentário