Música de Vocaloid no intervalo em colégio japonês provoca debate

Música de Vocaloid no intervalo em colégio japonês provoca debate

Parece que algumas pessoas não gostaram muito de serem "forçadas" a escutarem vocais artificiais, conhecidas também como vocaloid


Em escolas do Japão, estudante almoçam enquanto escutam transmissões de músicas, no qual a seleção delas, fica por conta do comitê de transmissão. Músicas solicitadas geralmente são atendidas, assim os alunos podem curtir ouvindo músicas enquanto almoçam. No entanto, essa flexibilidade também significa que terão músicas que não serão apreciadas por todos da sala, e achar o meio termo disso não é uma tarefa fácil.

Música de Vocaloid no intervalo em colégio japonês provoca debate

Algumas coisas são difíceis de se resolver, e para um pai japonês, o limite foi quando sua filha o fez uma pergunta inocente.

Mal sabia ele que isso iniciaria um debate fervoroso no Twitter.

小学生の娘からの疑問 「給食時間に好きな曲をかけてもらえるのだけれどボカロ曲は先生ダメだって言った。どうして?聞いたら機械の声だからダメだって。でもPerfumeはいいんだって。どうしてかな・・・」 職員室に乗り込み父親として小一時間問い詰めたくなった まさにその瞬間であった

— 
また〜り(にーにー) (@hatunemix) July 02, 2017

"Essa é uma pergunta de minha filha que está no ensino fundamental. 'Nós podemos tocar nossas músicas favoritas durante o almoço, mas nosso professor disse que músicas vocaloid não são permitidas. Quando eu o perguntei o porquê, ele disse que é porque elas soam robóticas, mas Perfume (banda J-Pop) pode. Por que isso?"

Música de Vocaloid no intervalo em colégio japonês provoca debate

O grupo de pop japonês, Perfume, é conhecido por usar efeitos de voz robotizada para encaixar no estilo de música electropop, que é "similar" as músicas cantadas por vocaloid como Hatsune Miku. Então por que essa discriminação do professor?

Um usuário do Twitter concordou com o professor:

"A música da Perfume soa artificial, mas na verdade é tudo modificado. Eles cantam em concertos ao vivo e lançam músicas como qualquer idol. Suas danças deixam bastante a desejar, mas eu definitivamente prefiro pessoas de verdade cantando. Vocaloid é 100% artificial, e essa é a principal diferença."

A maioria, no entanto, rejeitou a visão do professor:

"Minha escola de ensino fundamental era assim também. Alguns garotos diziam: 'O que tem de tão legal em voz artificial? É tão desconfortável de se ouvir!'. Músicas Vocaloid pararam por um tempo, mas estão aos poucos retornando. Por fim, fizeram uma reunião e decidiram que não tocariam mais essas músicas. Naquela época, eu também não queria escutar algumas músicas que os outros escolhiam!"

"Música Vocaloid não é artificial, possui uma fonte. Claro que é modificada, mas se você contar isso como artificial, então todos os cantores reais são também."

"Uma vez eu trabalhei como funcionario em uma escola do fundamental. Naquela época, parecia que havia bastante gente que se recusava a aceitar nossa cultura. Apenas uma leve menção de jogos ou anime no ambiente de trabalho era o suficiente para fazê-los o tratarem como alienígina."

Música de Vocaloid no intervalo em colégio japonês provoca debate

Parece que realmente depende do colégio, com algumas pessoas dizendo que devem e outras não ser permitido músicas vocaloid. É uma situação difícil, ainda mais quando estamos lidando com mentes jovens que possuem a tendência de carregarem essas experiências de "certo" e "errado" pelo resto de suas vidas.

Uma coisa que não se pode negar é que a cantora virtual Hatsune Miku já virou uma parte do Japão.

Opinião Pessoal: Apesar de não concordar muito com a "arte" que são as Vocaloid, e que para mim, eles representam um fim ou início da decadência de uma era da criatividade e talento musical para uma maior valorização de técnicas, eu não concordo com a censura dessa música, ainda mais considerando a popularidade entre os japoneses mais jovens.



0 comentários:

Postar um comentário