Diretor do anime Fullmetal Alchemist critica o live action

Diretor do anime Fullmetal Alchemist critica o live action



O diretor de anime Seiji Mizushima, conhecido pelo aclamado Fullmetal Alchemist e Expelled From Paradise, participou de uma mesa redonda no Nikufes Tokyo 2017 para falar sobre a crescente aparição de animes no Japão.

O Nikufes é um festival anual culinário de escala nacional que vem incorporando anisongs e algumas colaborações de animes. Mizushima credita as adaptações de animes para live actions ao aumento da aparição do meio, mas ele é um pouco mais crítico com relação as tendências adotadas pelas adaptações.

Diretor do anime Fullmetal Alchemist critica o live action

Quando perguntado sobre o próximo filme de Fullmetal Alchemist, Mizushima respondeu "Se você me perguntasse se eu achei que o elenco podia ser tirado, eu diria que não, eles não podiam". Uma de suas principais críticas foi a decisão por um elenco exclusivamente de atores japoneses.


Mizushima continuou, "É difícil para atores capturarem a aparência e o sentimento do mangá original. O 2D é mais livre que o live action... você pode expressar mais coisas com ele".

Fullmetal Alchemist não foi a única adaptação a enfrentar a ira de Mizushina. Ele ridicularizou Gintama por parecer estúpido e Terra Formars por ser "uma péssima adaptação de um ótimo mangá".

Diretor do anime Fullmetal Alchemist critica o live action

Mas nem tudo foi negativo. Enquanto Mizushima disse que ficaria com as produções de animes, ele reafirmou ao público que ele estava fixado no live action de Fullmetal Alchemist, em particular nos efeitos de CGI e como está a adaptação do volume 27 do mangá de Hiromu Arakawa.

Fonte


0 Comentários:

Postar um comentário