Vendas de Mangás são bons para o anime?





Hoje no VSA Industria vim tirar uma dúvida que muita gente tem: se um anime que seja baseado em um mangá ou Light Novel (ou mesmo aqueles que são baseados em games), se a venda do material original crescer com o anime, isso é bom? Isso vale? É assim mesmo que a coisa funciona?

Nem sempre.

Para começar, antes acreditávamos que animes eram feitos para promover o material original, que animes eram apenas comerciais grandes pro mangá, pra novel ou pro game, o que não é verdade. Animes são feitos pro anime lucrar mesmo, as empresas produzem porquê querem lucrar mais com aquela série, seja com DVDs, mercadorias, eventos, aumento de popularidade, então quando temos um anime de Umaru-chan, as empresas querem lucrar com o anime e não para fazer o mangá aumentar as vendas (e no caso de Umaru-chan, a série foi bem popular, ganhou game, produtos, etc).

Talvez até tenha alguma empresa que pense ''vou fazer anime dessa série para aumentar as vendas do mangá que eu publico'', mas no geral eles querem mesmo é lucrar com o anime e com os vários produtos derivados.

Mas então, o mangá vender mais por conta do anime é bom pro anime? Significa que ele vai ganhar uma nova temporada? Não.

Vendas de Mangás são bons para o anime?


Você não pode analisar os animes da mesma forma. Apesar de serem quase as mesmas empresas que produzem os animes, os contratos e os comitês de produção diferem. Para ter uma ideia, já vi pessoas perguntando se Chihayafuru teria novas temporadas, visto que o mangá aumentou bem as vendas, e bem, desculpe te falar isso, mas o mangá de Chihayafuru ter aumentado em vendas não significa nada pro anime.

A editora de Chihayafuru não participa da produção do anime, eles não pagaram pelas duas temporadas, logo se você comprar o mangá para apoiar uma nova temporada na verdade não ajuda em nada, porque quem lucra com a venda do mangá é a editora e não as empresas que pagaram pelo anime; se quer uma nova temporada de Chihayafuru, compre um Blu-ray ou algum um produto do anime, uma figure, por exemplo.

Vendas de Mangás são bons para o anime?


Keijo é outro anime que as vendas de mangá não dizem nada, pois a editora não pagou pelo anime, e sim outras empresas. Minami-ke é outro anime assim, teve muitas temporadas e a editora original não pagou pelo anime.

Então você tem que avaliar caso a caso. Obviamente a grande maioria dos animes tem a editora original pagando, mas nem sempre é assim, e mesmo que a editora original fique feliz com o aumento das vendas do mangá, o anime tem que lucrar para todas as empresas apostarem numa nova temporada.

Eu comecei uma nova série de posts aqui no site onde vou avaliar caso a caso os animes, e eu decidi começar por Re:Zero por eu acompanhar de perto, espero que gostem.

segunda temporada de re zero?



0 Comentários:

Postar um comentário