Como e por que novas temporadas são decididas?





Como é que as empresas decidem se um anime ganha ou não segunda temporada? No que eles se baseiam para isso? Será que se o anime vender 1 milhão de cópias do blu-ray tem chance de ter segunda temporada?

A partir de hoje aqui no site da Você Sabia Anime, estarei trazendo assuntos mais sérios sobre a indústria. Vou começar com um assunto que interessa geral: como e por que as empresas decidem novas temporadas?

ATENÇÃO! O texto abaixo é baseado no texto do Ultimatemegax no site someanithing, algumas entrevistas com pessoas ligadas a indústria e artigos do ANN
Ultimatemegax é um cara que escreve para o Sakugablog sobre a industria e ele manja demais disso.
Someanithing é o site que compila todas as vendas de DVD/BD de todos os animes.

Bora lá.

Como novas temporadas são determinadas?


Existem muitos fatores que podem decidir se um anime ganha uma nova temporada ou não, e isso tem relação com o intuito original que as empresas tem com aquele anime.

Basicamente, cada anime é produzido tendo em vista algo, um objetivo que é diferente de anime para anime. O que nós leva a nossa primeira e valiosa lição, você não deve nunca comparar animes, "por que anime x ganhou nova temporada e anime y não?", nunca faça isso.

Muito otaku acha que se o mangá/novel vender bem e o dvd/bd vender bem o anime terá nova temporada, mas não é bem assim que funciona. Existem casos em que a editora nem pagou pelo anime (Log Horizon, Chihayafuru, Keijo são alguns), e cada empresa imprime uma quantidade diferente de dvd/bd do anime para vender, as empresas já tem em mente o quanto esperam vender com cada série (e não, elas não ficam todas torcendo pra que se vender ao menos 3000 cópias)

Vamos a alguns exemplos de como a coisa realmente funciona.

A Kadokawa decide que quer produzir um anime de uma light novel dela. Ela então se junta com outras empresas e produz o anime. Se a Kadokawa sentir que as vendas da light novel podem aumentar com uma nova temporada, eles vão produzir outra; se não, eles não pagam. Por isso que temos muitos animes baseados em novels que não ganham nova temporada, não basta vender muito dvd/bd, não basta as vendas da novel aumentarem, a editora tem que analisar se é benéfico fazer mais uma temporada ou usar o dinheiro para investir em outra light novel dela para que aumente as vendas.

Agora imaginemos que uma Aniplex ou a King Records bancam a produção de um anime e o foco principal deles é vender música desse anime; se eles ficarem felizes com as vendas de cds/música, eles vão bancar outros animes.

Exemplos de animes primariamente bancados por Aniplex ou King Records
  • Ao no Exorcist Kyoto
  • Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu: Sukeroku Futatabi-hen
  • Interviews with Monster Girls
  • Granblue Fantasy
* No caso da Aniplex, o lucro principal deles é com música, mas eles trabalham com várias outras coisas também, eles produzem brinquedos, jogos, mercadorias, alimentos, realizam eventos, entre muitas outras coisas, então a Aniplex pode ter vários focos diferentes a depender do anime.

Agora, se uma emissora de TV paga pela produção de um anime? Essa emissora está esperando ter lucro com venda de DVD/BD? Não, o lucro é por transmitir o anime, lucro com a audiência/propaganda, além de que, algumas emissoras de TV japonesas são donas de sites de streaming.

Um exemplo de anime que foi bancado por uma emissora de TV é Log Horizon. A NHK pagou sozinha pela produção das duas temporadas, então vender mais light novel não influencia em nada Log Horizon ter terceira temporada, pois a NHK não lucra com a light novel vendendo mais.

Outros animes em que emissoras pagaram pela produção:
  • Boruto
  • Gintama
  • Kuzu no Honkai
  • Seiren
  • Urara Meirochou
  • Clockwork Planet
  • Kemono Friends
  • Natsume's Book of Friends
  • The Royal Tutor
  • Yu-Gi-Oh VTRAINS
A série Naruto só de passar na TV Tokyo trazia um lucro imenso, é por isso que eles estão bancando o anime de Boruto. 

E temos agora casos em que o Crunchyroll, Netflix e Amazon pagam pela produção de animes. A Amazon fez um contrato mas eu ainda não vi um anime que ela tenha bancado, a Netflix vocês já viram que está bancando animes por aí.

E o Crunchyroll este ano pagou pela produção de alguns animes. O Crunchyroll vende dvd/bd em seu site, mas o lucro principal deles é com o streaming.

Veja abaixo a lista dos animes que o Crunchyroll bancou:

Animes em que o Crunchyroll foi a empresa que mais bancou o anime
  • Isekai Shokudou
  • Urahara
Animes em que o Crunchyroll foi a segunda empresa que mais bancou o anime
  • Idol Jihen
  • A Centaur's Life
  • Youkoso Jitsuryoku
Temos casos em que uma empresa de games banca o anime, daí o foco principal é promover o game já lançado ou um novo game, ou mesmo manter a franquia aquecida/em alta entre os fãs.

Em entrevista em Janeiro de 2017 para uma revista, o presidente do estúdio Bones revelou que muitos animes que eles produzem tem como foco a venda para o exterior. Existem casos de animes que são produzidos pro anime lucrar e não para promover nada, como é o caso de Re:Creators e outros animes originais.

Então basicamente cada caso é um caso, cada anime é produzido por empresas diferentes, que tem uma visão diferente e um foco diferente, e é errado analisar animes da mesma maneira e achar que tudo funciona da mesma coisa; é o mesmo caso que vejo aqui no Brasil, temos Panini, JBC e Newpop e sempre tem quem fale ''por que a JBC não faz como a Panini?'', são empresas diferentes, com seus funcionários, parceiros, investimentos, visões e modos de trabalho diferentes, são da mesma indústria mas cada empresa é cada empresa.

A resposta para a pergunta ''Anime X terá chance de ter uma segunda temporada?'' é: '''Olhe para o comitê de produção desse anime, se as primeiras empresas tiverem recuperado o investimento/lucrado, as chances são boas''.

O comitê de produção de um anime sempre tem uma ordem nas empresas, um exemplo:

Esse é o comitê de produção da segunda temporada de Himouto Umaru-chan
  1. Toho
  2. Shueisha
  3. AT-X
  4. BS 11
  5. Doga Kobo 
  6. Ray
  7. Good Smile Company
  8. Nikkatsu
Note que sempre existe uma ordem para apresentar as empresas, isso porque as empresas não dividem igualmente os gastos com anime. Uma empresa paga por 50% do anime, outra 20% outra 14% e assim por diante (e nós não temos como saber se eles não divulgam).

No caso de Umaru-chan 2, as empresas que mais bancaram essa segunda temporada foi a Toho, a Shueisha e a AT-X.

A Toho é uma produtora de filmes e distribuidora, ou seja, ela ganha dinheiro vendendo a licença do anime para o máximo de empresas e países possível.

A Shueisha é a editora, o foco dela é aumentar as vendas do mangá.

A AT-X é uma emissora de TV, ela ganha dinheiro primariamente com audiência/anunciantes (Umaru-chan é transmitido as 23:30).

E quanto as outras empresas? A BS11 é outra emissora de TV, a Ray é uma empresa que produz dvd/bd, eventos, comerciais, etc, e note que ela é a 6º empresa do comitê. 

Doga Kobo é o estúdio, e nesse caso ele é membro do comitê, então o estúdio ganha com o anime e as vendas de mercadorias, mas existem casos em que o estúdio é apenas contratado pelo comitê para a produção do anime. 

A Good Smile Company fabrica figures, e Umaru teve uma boa quantidade de figures lançadas.

E a Nikkatsu é uma produtora de filmes e programas para a TV.

Agora, para Umaru ter uma nova temporada, todas essas empresas tem que ficar satisfeitas com seu lucro do anime. Vamos supor que todas as empresas lucraram, menos a Shueisha, que não se sentiu satisfeita pelas vendas do mangá, então simplesmente não teremos uma terceira temporada. Mesmo que Umaru vá bem em todo o resto, por ir mal nos mangás pode ser que a editora não queira pagar por outra temporada.

Então quer dizer que já era? Não necessariamente. Existem casos em que as outras empresas pagam o prejuízo de uma para produzir uma nova temporada, ou uma empresa que estava no comitê da primeira temporada não participe da segunda (mas aí as outras empresas tem que devolver o gasto que a empresa que saiu teve).

E como eu sei o comitê de produção de cada anime? Na abertura ou no encerramento vem o nome das empresas, mas na minha série do Fez Sucesso eu trago o comitê bonitinho para vocês 

Entenderam como funciona?

Próximo post iremos falar mais profundamente sobre os comitês de produção.













0 comentários:

Postar um comentário