Kemono Friends - fã raspa a cabeça em protesto pela remoção de Tatsuki

Kemono Friends - fã raspa a cabeça em protesto pela remoção de Tatsuki




Mais um episódio no caso Kemono Friends. Após o anúncio de que o diretor Tatsuki e o estúdio Yaoyorozu não estariam mais envolvidos na produção do novo anime, criou-se um frenesi entre alguns fãs que querem trazer Tatsuki de volta. Uma petição solicitando o retorno do diretor para a produção já conta com 53.000 assinaturas. E na semana passada, um usuário anônimo do YouTube decidiu por uma outra forma de apelar para a reintegração de Tatsuki ao anime.


No vídeo, um homem vestido num terno se direciona aos diretores das companhias envolvidas com a produção do anime de Kemono Friends. Ele agradece a eles por suas contribuições para o projeto e pede para que reconsiderem a retirada de Tatsuki. Entre os citados pelo homem estão o presidente da Kadokawa, Masaki Matsubara, o presidente o Yaoyorozu, Sadahiro Terai, o presidente do Family Mart, Isamu Nakayama, e o presidente da Bushiroad, Takaaki Kidani.

Depois do seu pedido inicial, o homem continua o vídeo raspando totalmente sua cabeça. Ele espera que o gesto o ajude a suplicar às pessoas com autoridade para trazerem Tatsuki de volta à direção do anime. Ele conclui o vídeo citando mais algumas pessoas envolvidas com a produção do anime com o objetivo de balançar a decisão sobre a remoção de Tatsuki.

Entenda o caso Kemono Friends


Kemono Friends - fã raspa a cabeça em protesto pela remoção de Tatsuki

Tatsuki revelou no mês passado que não estaria mais a frente da direção do novo anime de Kemono Friends. Logo depois, o site oficial do anime anunciou que o estúdio Yaoyorozu também não estaria mais envolvido.

Nobuo Kawakami, presidente da Kadokawa Dwango, uma empresa prima da Kadokawa, postou uma resposta dizendo estar preocupado sobre o incidente e que conversas estavam ocorrendo entre a Kadokawa e a Dwango. O presidente e CEO da Kadokawa, Shinichiro Inoue, também comentou a controvérsia na terça passada, e disse que ele estava em discussão com o comitê de discussão do anime e o estúdio Yaoyorozu.

Fonte












0 comentários:

Postar um comentário