Porque o MAPPA ta fazendo tanto anime nesse ano?

Porque o MAPPA ta fazendo tanto anime nesse ano?




Se você é do tipo de fã que acompanha todos os estúdios, é provável que você esteja ciente do que está acontecendo com a MAPPA. Eles estão produzindo mais do que nunca, apesar de serem reconhecidos por terem dificuldades em terminar suas séries a tempo. Vamos tentar explicar esse crescimento curioso, e ao mesmo tempo, preocupante.

Porque o MAPPA ta fazendo tanto anime nesse ano?

O Estúdio MAPPA foi fundado em 2011 por Masao Maruyama, que deixou sua antiga empresa, Madhouse, em busca de liberdade criativa. Mas com o passar dos anos, a MAPPA também cresceu, o que significa que suas obrigações aumentaram no mesmo nível. Um desenvolvimento positivo que eventualmente o levou para o mesmo destino irônico de sua empresa anterior. O tempo também passa para todos nós, logo, o brilhante mas cada vez mais velho e exausto Maruyama decidiu embarcar em uma aventura pessoal com o Estúdio M2. Ele deixou MAPPA nas mãos de pessoas mais jovens, confiando a posição de CEO para o produtor Manabu Otsuka. Para a sorte deles, tudo isso aconteceu no mesmo ano em que o estúdio forneceu dois grandes sucessos: Yuri!!! on ICE e Kono Sekai no Katasumi ni. Mesmo estando em uma posição bem inferior nos comitês de produção e não conseguir bons lucros deles, a MAPPA consegue um certo retorno financeiro, e nesse momento eles são reconhecidos como um estúdio de sucesso por fãs e produtores. Sem dúvida esses foram fatores que aceleraram o crescimento rápido da empresa.

O interessante disso é que esse comportamento da empresa tem um efeito imediato nos seus resultados como estúdio. Em contraste aos dois novos animes de TV que a MAPPA produziu em 2016, esse ano eles estão encarregados de 5 novas séries. Se você incluir suas co-produções juntamente com o estúdio VOLN, esse número aumenta ainda mais, mas vamos deixar isso de lado por enquanto, pois isso é mais um reflexo da nova mentalidade deles como estúdio. O motivo por trás desse crescimento reside dentro da estrutura da própria empresa: atualmente, a MAPPA está administrando 3 sub-estúdios permanentes (sub-estúdios 1, 3 e 4) além do sub-estúdio 2, que foi criado com o propósito de produzir Kono Sekai no Katasumi ni, e pode assumir outros projetos no futuro. Além disso, eles irão expandir esse número no ano que vem. Cada um deles segue o padrão da indústria, ou seja, lidam com projetos independentemente (apesar de se ajudarem em determinados casos).

Levando em consideração tudo isso, será que eles possuem equipe suficiente para lidar com tanto trabalho? A resposta é: sim e não. Depende muito do ponto de vista. Mas resumindo:

Atualmente, a MAPPA possui 80 empregados contratados em período integral. Mais força de trabalho do que estúdios como Madhouse, Dogakobo, WIT Studio, e até mesmo a BONES. Mas há uma pegadinha! 43 deles são da equipe de produção (produtores, gerentes de produção e assistentes de produção). A verdade é que a MAPPA emprega APENAS 11 animadores. Os 26 restantes são artistas CGI entre outras funções.

O que isso significa, então? Significa que a MAPPA seria perfeitamente capaz de lidar com a produção de 7 cours (temporadas) de anime por ano, como eles tem feito. Mas o estúdio é completamente dependente de freelancers e terceirização. Uma carga de trabalho tão pesado como essa é insustentável com sua equipe atual de criadores. Eles precisam expandir o seu quadro de artistas, ou eles terão problemas cada vez mais graves com as agendas dos animes que eles estão planejando. Ter uma equipe pequena não significa apenas que você precisa de ajuda de fora... significa colocar sua equipe atual em uma carga intensa de trabalho e estresse

Por mais estranho que possa parecer isso, se fôssemos comparar seu estado atual com outro estúdio, poderia ser com a A-1 Pictures; um estúdio capaz de apresentar projetos fascinantes, mas que precisa de muita ajuda exterior para realizá-los, e sofrendo muito no processo. Com certeza essa situação não foi algo que Maruyama desejava quando ele fundou a empresa, mas a forma pela qual Otsuka a está liderando também tem pontos super positivos. MAPPA atualmente está expandindo sua equipe de produção, produção 3D, animadores unicamente digitais, artistas de background, color designers, e etc. Eles também planejam inaugurar um estúdio em Sendai em Abril do ano que vem. Se todos esses grandes planos se concretizarem, o estúdio pode acabar evoluindo para uma empresa mais desenvolvida, independente, tanto nos projetos, quanto financeiramente. A situação que eles estão atualmente ou será apenas uma dor passageira para um aprendizado e amadurecimento, ou os primeiros sinais de uma catástrofe iminente.













0 Comentários:

Postar um comentário