Filmes de Rurouni Kenshin são removidos da grade de emissora japonesa

Filmes de Rurouni Kenshin são removidos da grade de emissora japonesa




A história de Rurouni Kenshin pode ser sobre sua redenção, mas parece que as adaptações em live action não terão uma segunda chance


O mundo do entretenimento japonês ainda está digerindo a notícia revoltante de que Nobuhiro Watsuki, criador da série Rurouni Kenshin, foi pego com pornografia infantil. Apesar de Watsuki ainda não ter sido formalmente preso, ele está sob investigação por infringir a Lei de Prostituição e Pornografia Infantil do Japão. Mas é só uma questão de tempo, até porque, ele assumiu ser o dono dos vídeos além de ter confessado que "gostava de garotas entre o ensino fundamental e o ensino médio". Para o público, essas evidências são mais do que o necessário.

Como uma sociedade extremamente regrada, o Japão, e por consequência suas empresas, levam muito a sério infrações e atividades criminais. Celebridades japonesas, no geral, não possuem a mesma "imunidade" que celebridades no ocidente recebem quando infringem as leis. Todo esse caso de pornografia infantil de Nobuhiro já está afetando a produção e distribuição da franquia Rurouni Kenshin. Assim que a notícia veio à tona, a editora Shueisha anunciou que estaria suspendendo todo o lançamento da recente continuação em manga de Rurouni Kenshin. 

Mas o buraco é mais embaixo, já que agora, até os filmes em live-action da franquia também estão com os dias contados.

Filmes de Rurouni Kenshin são removidos da grade de emissora japonesa

Adorado e visto como uma das melhores adaptações (eu diria uma das únicas) em live-action, o primeiro filme de Rurouni Kenshin foi lançado em 2012, e apesar de não ter sido um sucesso estrondoso, as críticas foram bem positivas. Sequências foram feitas e lançadas em 2014.

O canal de TV a cabo japonês, NECO, que havia anunciado que transmitiria a trilogia completa no dia 25 de novembro, mudou de ideia e decidiu substituir sua grade de exibição. 

"Nos levamos essas denúncias de atividades ilícitas do criador da série de forma muito séria, e estaremos substituindo a exibição dela por outros programas. Lamentamos o inconveniente, mas pedimos a compreensão de todos." - revelou a emissora NECO em um comunicado.

Filmes de Rurouni Kenshin são removidos da grade de emissora japonesa

Falando exclusivamente das adaptações em live-action, elas não são exatamente fiéis ao produto original do manga criado por Watsuki. Inclusive, a única menção de Watsuki no filme é como "criador original". Mesmo assim, a NECO sente que a associação entre Watsuki e seus "gostos" socialmente inaceitáveis, é algo muito impactante para ser ignorado. Provavelmente, essa não foi a última vez em que uma distribuidora lidará com essa franquia dessa forma. Inclusive, a decisão da NECO de se afastar da franquia, pode indicar que o futuro dessas adaptações está totalmente em risco.











0 Comentários:

Postar um comentário