Animador de Devilman Crybaby diz que Netflix estar envolvida não significa salário maior

Animador de Devilman Crybaby diz que Netflix estar envolvida não significa salário maior




A Netflix estando envolvida com anime tem criado muito fuzuê na comunidade otaku, eu fiz um post aqui dizendo que a Netflix não está produzindo animes, e sim ''comprando'' eles para ser exclusivos dela, mas que isso não a faz ter poder sobre o anime.

Depois tivemos a notícia de que a Netflix vai ''produzir'' animes com a Production I.G, só o futuro vai mostrar se eles vão realmente produzir, saberemos disso se o nome da Netflix aparecer no comitê de produção desses animes.

Agora, o animador Katsunori Shibata, que trabalhou em Devilman Crybaby, foi ao twitter falar que a Netflix estando envolvida ou não, não muda muita coisa na produção dos animes e em seu salário.

Um fã perguntou a ele:



''E verdade que animes sendo produzidos pela Netflix não significa que os salários aumentaram, em comparação aos animes regulares?''

Shibata respondeu: ''Até o quanto posso dizer, isso é correto''.

A Netflix estar envolvida ou não, da forma como ela está no momento ao menos, não significa que as pessoas estão ganhando mais, a única diferença aqui é que a Netflix ta pagando pros comitês os direitos de streaming, nada mais, os animes continuam tendo o mesmo tipo de produção.

Shibata ainda diz que a Netflix entrando, e pagando muito dinheiro, teoricamente poderia aumentar o salário deles, mas isso não esta ocorrendo.



Ele disse que a única diferença notável de se fazer um anime para TV e um para Netflix e que na Netflix você tem menos restrições em relação a cenas violentas e de sexo.
Shibata ainda mencionou a parceria da Netflix com a Production IG e a Bones, ele disse que isso só ocorreu porque as 3 empresas tem algo a ganhar com isso, mas que o salário dos animadores depende dos estúdios.

A Netflix ''ainda'' não é a salvadora dos animes e ainda não está produzindo nada, por hora













0 Comentários:

Postar um comentário