Mahou Shoujo Site recebe reclamações por promover violência contra estudantes

Mahou Shoujo Site recebe reclamações por promover violência contra estudantes




E mais uma vez a BPO foi acionada. Para quem não sabe, BPO é a sigla para Japan's Broadcasting Ethics and Program Improvement Organization e eles notificam as emissoras das reclamações, mas de fato eles não tem poder para impedir programas de irem ao ar.

Mahou Shoujo Site recebe reclamações por promover violência contra estudantes

Enfim, dessa vez a BPO recebeu 677 reclamações sobre o anime Mahou Shoujo Site, pois ele promove a ''violência contra colegiais''.

70% das reclamações vieram de homens, 28% de mulheres e 2% de ''outros''.

Uma das reclamações

- Opinião acerca de pessoas jovens -

[Uma opinião sobre a apresentação e produção]

''Durante um anime da madrugada, existem representações encorajadoras de agressão, violência sexual e bullying contra uma estudante do ensino médio; menores cometendo atos criminosos são descritos no anime também. Este programa está disponível na TV aberta, conteúdo deste tipo em animes sendo transmitidos na TV pública me deixa desconfortável''

Mahou Shoujo Site recebe reclamações por promover violência contra estudantes

Essa não é a primeira treta que Mahou Shoujo Site tem, ele foi recentemente removido do site de streaming chinês Youku, o site exibiu até o 4º episódio até retirá-lo.

Um histórico dos animes que a BPO já publicou notas de reclamação: Owarimonogatari, SHIMONETA, Chibi Maruko-chan, Gintama, Kan Colle, Yu-Gi-Oh! Arc-V, The Seven Deadly Sins, Akame ga KILL!, Your Lie in April, Hunter x Hunter, Blood-C, Fullmetal Alchemist, School Days, Magi, Higurashi no Naku Koro ni, Pokémon e NANA.

Fonte


0 comentários:

Postar um comentário