Por que Sigsawa foi a pessoa certa a escrever Gun Gale Online

Por que Sigsawa foi a pessoa certa a escrever Gun Gale Online






Por que Sigsawa foi a pessoa certa a escrever Gun Gale Online


Quando Sword Art Online Alternative: Gun Gale Online foi anunciado, muitos fãs ocidentais se animaram. Mas como Keiichi Sigsawa (Kino no Tabi: The Beautiful World), mais conhecido por ter escrito a clássica light novel Kino's Journey, acabou indo parar em um spinoff de SAO? Ao contrário de Sword Art Online, Kino's Journey não possui nenhum esterótipo típico que vemos nas light novels recentes, ou seja, não há nenhum protagonista OP, não há harém, não se trata de um VRMMORPG ou nenhum tipo de ambiente fantasioso/jogo, e não tem fan service. Ou seja, Sigsawa deve ser escritor muito mais "sério" do que Reki Kawahara (SAO), certo? 

Porém, se examinarmos a carreira inteira de Sigsawa, vamos descobrir que ele é EXATAMENTE o tipo de pessoa que escreveria algo como um spinoff de SAO. Em suas duas décadas de obras, nem todas elas foram traduzidas para o inglês. Apesar de Sword Art Online Alternative: Gun Gale Online receber uma tradução oficial ainda esse ano, o único outro trabalho de Sigsawa que recebera tradução antes foi justamente Kino's Journey.

Por que Sigsawa foi a pessoa certa a escrever Gun Gale Online

Então para quem está curioso de como alguém que escreveu algo mais sério para um spinoff de SAO, eis a explicação:

Keiichi sempre foi do tipo quem escreveria novels como SAO.

  • Keiichi Sigsawa deixa mensagens e brincadeiras em suas obras.
Sigsawa é conhecido por suas notas finais nas light novels. A maioria das LN possuem um finalzinho aonde o autor deixa alguma mensagem breve aos leitores. 

Em Kino's Journey ele colocou letras de músicas, perguntas, entrevistas e piadas internas entre ele e seu editor. Uma dessas mensagens inclusive aparece no anime. O sétimo volume de Kino's Journey teve uma referência no episódio 9 da adaptação em anime (2017).

Por que Sigsawa foi a pessoa certa a escrever Gun Gale Online

Somente com isso, podemos "assumir" que ele mesmo não se leva tão a sério quanto pensávamos.
  • Keiichi Sigsawa sempre foi um viciado por armas.
Se você conhece algum fabricante de armas, vai entender porque o pseudônimo Sigsawa é uma referência a armas. SIG Sauer é o nome de uma conhecida fabricante de armas alemã, e Sigsawa possui uma pistola SIG Sauer P226 na vida real. Apesar da pronuncia ser mais "parecida" em katakana, Sigsawa tentou aproximar a forma "shigusawa" para que ela também pudesse ser escrita em kanji.

Talvez esse vício por armas de Sigsawa foi alimentado por suas experiências como um inter cambista nos Estados Unidos, onde armas são relativamente fáceis de se obter. Portanto, ele é um dos poucos japoneses fãs de armas que realmente possui e já manuseou uma arma de fogo de verdade (os demais fãs geralmente só seguraram um modelo ou airsoft na vida). Ele até mesmo foi a uma galeria de tiro em Guam para escutar melhor o som do tiro das armas e o recuo que cada uma delas tinha para implementar em Sword Art Online II.

Keiichi Sigsawa Sword Art Online

O conhecimento dele por armas fica evidente em suas novels. Kino's Journey inclui detalhes específicos sobre isso, o que fica bem aparente quando, no quadro geral, se trata de uma obra com poucas descrições tão detalhadas. Outras obras sua também possui várias menções de arsenais, veículos de guerra, e etc.
  • Keiichi Sigsawa sempre escreveu spin-offs de obras de outros autores.
Sigsawa sempre se demonstrou favorável a fanfics. Ele não vê o menor problema em pessoas criarem esses tipos de histórias baseadas em sua obra, mesmo que de conteúdo erótico. Ele só não as lê para não influenciar no rumo de sua obra original.

Em 2006, ele contribuiu com uma pequena história para Bokusatsu Tenshi Dokuro-Chan, entre várias outros da Dengeki Bunko Magazines.

Keiichi Sigsawa Sword Art Online

Sigsawa foi capaz de escrever um spin-off de SAO por conta de suas conexões com a Dengeki Bunko e a indústria de anime. De acordo com uma entrevista com a Anime News Network, ele ficou fascinado pela série após ler o arco Gun Gale Online, e desejava poder escrever histórias nesse tipo de cenário. Ele também já conhecia Nobuhiro Osawa, produtor chefe de SAO, porque ele também havia sido um produtor no anime original de Kino's Journey em 2003. O próprio Osawa pediu para Sigsawa supervisionar todo o armamento em SAO II, justamente por saber sobre o vício dele em armas. 
  • Keiichi Sigsawa manja bem das tendências das Light Novels
De 2002 a 2014, Sigsawa não começou nenhuma obra nova. Ele escreveu algumas pequenas histórias e contribuiu para algumas revistas, mas nada realmente ambicioso. 

Parte do motivo pelo qual Sigsawa consegue ficar relevante, mesmo em uma indústria onde até mesmo autores populares tendem a vacilar, é a sua facilidade de adaptação e leitura. Apesar de Kino's Journey, por exemplo, ser uma série longa, não se trata de uma obra difícil para novos leitores se apegarem. Sigsawa não utiliza palavras ou frases complexas e de difícil compreensão.

Keiichi Sigsawa Sword Art Online

Desde 2006, Sigsawa também faz parte de um comitê de seleção para o Dengeki Novel Prize, ajudando a avaliar milhares de envios todo o ano. Isso faz com que ele fique plenamente atualizado com as tendências, especialmente quando elas são extremamente voláteis. 

Tudo isso aponta para apenas uma conclusão: Sigsawa é um autor flexível com um profundo entendimento de light novels e atualizado com as últimas tendências. O cara ideal para o trabalho.

Artigo Original


0 Comentários:

Postar um comentário