Presidente da Twin Engine diz que Vendas de Blu-ray e DVD correspondem a 10% dos lucros






E agora temos mais uma pessoa ligada a Indústria falando sobre vendas de DVD e Blu-rays de animes.

A última pessoa a falar sobre isso tinha sido um produtor da Kadokawa, que havia dito que as vendas de DVD/BD eram o mais importante. Hoje saiu uma matéria onde o presidente da Twin Engine, uma empresa que participa de comitês de produção de animes como Golden Kamuy, Koji Yamamoto, disse:

''No passado, vendas de discos eram 90% do lucro desse negócio, hoje, representam 10%, foi assim que mudou ao longo do tempo''.

Ainda é mencionado que a Twin Engine atualmente tem uma estratégia de proteger suas produções do modelo normal de Comitês de Produção. Eles se concentram mais em vender os direitos para serviços de streaming no Japão e licenças internacionais. É mencionado no texto que serviços de streaming no Japão andam crescendo bastante e tomando lugar e é a maior fonte de renda deles.

Para vocês terem uma noção, a Twin Engine está na produção dos animes Babylon, Dororo, Karakuri Circus, Vinland Saga e Pet, então já fiquem sabendo que esses animes não dependem das vendas de discos.

Mas então, temos agora mais uma pessoa da Indústria falando que o lucro com as vendas de discos é muito baixo, representa só 10%.

E quem é esse Koji Yamamoto? Que autoridade ele tem para falar isso? Ele é produtor de animes, foi produtor chefe de Ano Hana, Black Rock Shooter, produtor de Eden of the East, Honey and Clover, produtor chefe de Kabaneri, Katanagatari, Robotics;Notes e Psycho-Pass, então ele tem uma autoridade sim para falar sobre

--------------------------

Mas então, o que significa isso exatamente? Por que poucos meses atrás um produtor da Kadokawa disse que vendas de discos é crítico, é o mais importante fator e agora temos outro falando o oposto.

É como eu explico no post ''Vamos esclarecer a importância das vendas de discos'', levem o que eu vou falar agora com vocês pra sempre: quando aparece um produtor para falar da Indústria (ou qualquer outra pessoa), ele tá dando a visão dele, falando da experiência dele e o que é válido para ele. O que o produtor da Kadokawa, o de Pop Team Epic e esse agora falaram valem para eles. É a realidade deles e não da Indústria como um todo.

Produtor de anime é uma função muito importante, mas eles não estão dentro das empresas que pagam pelos animes, e a decisão de novas temporadas é delas, e essas empresas atualmente tem diversas formas de lucro diferente. Como exemplos temos a Aniplex, que hoje definitivamente não depende mais de discos, e atua em diversas áreas diferentes.

Empresas como Pony Canyon, Good Smile Company e outras, cresceram e expandiram bastante também, cada anime é produzido visando um objetivo e função.

O produtor da Kadokawa disse ''Vendas de discos é o mais importante''. Ele não fala pela Indústria toda e o que ele diz é a realidade dele; ''vendas de discos antes era 90% do lucro e hoje correspondem a 10%'', ele não fala pela indústria toda e o que ele diz é a realidade dele.

Segundo os reports da AJA, nunca vendas de discos representaram 90% do lucro, então isso era pros animes que ele estava envolvido antigamente. O problema dos fãs é acharem que o que um produtor fala vale pra Indústria toda e não é assim que funciona, anime hoje em dia não é a mesma coisa simples de antigamente, hoje você tem que analisar o comitê de produção todo e aí você vai saber se anime X depende de venda de disco ou não.

Deixa eu dar dois exemplos recentes de cada caso, um anime que não depende de disco e um que depende. Citrus não depende da venda de discos e Sora Yori mo Tooi Basho depende. O Comitê de Produção de Citrus é mais concentrado no mangá e no streaming; já Sora Yori mo Tooi Basho teve uma entrevista onde falaram sobre isso.

Pra quem acompanha a gente tem um tempo, sabe que eu faço análises de sucesso e segunda temporada dos animes. Até agora eu fiz de poucos, mas caso queiram ver o quanto eu já ''acertei'', podem clicar aqui,

Fonte

0 Comentários:

Postar um comentário