1 a cada 4 japoneses querem matar seu chefe do Trabalho

1 a cada 4 japoneses querem matar seu chefe do Trabalho















1 a cada 4 japoneses querem matar seu chefe do Trabalho


Caso você não saiba, ocorreu um terremoto em Osaka bem recentemente, e esse terremoto matou se me lembro bem, umas 5 ou 6 pessoas e deixou mais de 300 feridas, e eis que tivemos relatos de pessoas que tiveram que ir trabalhar mesmo com os danos do terremoto.

Veja alguns relatos do twitter:


''Uma vez ficou claro que meu namorado não conseguiria chegar ao trabalho, ele então veio para casa e enviou um e-mail para seu supervisor sobre isso e ele respondeu com: ''Por favor, caminhe até o escritório para receber seu salário''. Ele então foi, levou uma hora de caminhada para chegar lá, onde ao meio-dia todos os funcionários foram orientados a evacuar o prédio e voltar para casa, o que levou mais uma hora de caminhada. Há algo seriamente errado com o Japão''.



''Cena típica numa companhia negra após o terremoto

Trabalhador: Olá, quem é?
Chefe: Obrigado pelo seu trabalho hoje, eu percebi que você não enviou seu relatório, está tudo ok?
Trabalhador: Teve um terremoto e...
Chefe: O prazo é até amanhã, ok?

É assim que funciona nas grandes empresas.
Em particular, é assim na grande empresa que eu trabalho, a Ni**hin''



''Quando o terremoto começou eu recebi um e-mail do meu chefe
Ele disse ''Está todo mundo bem? Todos da staff por favor respondam a este e-mail confirmando que estão bem.''
Até aí tudo ok né?
Mas na próxima linha: ''Vocês são capazes de ir ao trabalho hoje? Vocês podem trabalhar? Se sim nos avisem''
Japão é o país dos escravos assalariados''

Só tenho uma palavra para descrever isso, tenso.

Uma pesquisa recente, feita pela Shirabee, perguntou a 1006 homens e mulheres entre 20 e 69 anos se eles já quiseram matar seu chefe, 27% responderam que sim (eu tô até achando baixo).

Muitos compartilham a frustração de que seus chefes não se importam de você acabar morrendo, apenas afeta eles pelo seu pagamento, algumas pessoas comentaram que se você precisa ficar em casa deve ficar, como um marido fez em Março. Esse caso é até curioso, em março um marido disse ao seu supervisor que ele iria embora mais cedo pois sua esposa estava doente, então o supervisor disse que ele era facilmente substituível, o marido respondeu então: ''Minha esposa não pode ser substituída, seu idiota''.

Daí então o marido foi para casa crente que estava demitido. A surpresa foi quando ele descobriu que não tinha sido demitido, e o seu supervisor é que foi demitido.

Mas enfim, confira mais uma frustração abaixo:



''Se você morrer num terremoto, sua empresa não vai se responsabilizar por sua morte
Se você morrer num terremoto, seu chefe não vai se responsabilizar pela sua morte
a sua segurança e de seus amados vem em primeiro sempre''

Porém, como sempre, nem sempre chefes são ruins. Veja esse caso:



''Eu: Eu cheguei em casa em segurança após o terremoto
Chefe: Muito bom em saber, você precisa tirar o dia de folga amanhã também?
Eu: Não, está tudo bem, desculpe por causa problemas
Chefe: Oh, não se preocupe, é assim que é quando tem terremoto
Isso é uma ''empresa branca''

No Japão, o termo ''Empresa Negra'' se popularizou para identificar aquelas empresas em que o trabalhador é mais um escravo.

0 comentários:

Postar um comentário