Grupo só de mulheres gamers descobre que tinha um Homem infiltrado

Grupo só de mulheres gamers descobre que tinha um Homem infiltrado







Grupo só de mulheres gamers descobre que tinha um Homem infiltrado


Olá galera que gosta de ler essas histórias bizarras do Japão, preparados para mais uma? Eu deixo vocês irem pegar algo pra comer ou algo quentinho para tomar enquanto leem mais essa história bizarra.

Vamos começar? Prestem bem atenção.

Em Outubro do ano passado, um clã japonês de Call of Duty (jogo de FPS que eu detesto, por sinal), chamado Whip, decidiu se ramificar, deixando de jogar apenas Call of Duty e jogar outros games de FPS também sabe. ATÉ AÍ TUDO NORMAL.

Elas começaram então a upar gameplays de vários jogos como Fortnite, PUBG e Overwatch (a propósito, eu jogo Overwatch [vai platinado]) para uma audiência mais japonesa, mas elas jogam games como Final Fantasy e Monster Hunter também.

Porém agora vem o detalhe: o clã é apenas para garotas, e contava com 15 membros, todos garotas, ou era assim que se pensava.

Recentemente foi descoberto que 1 delas era na verdade um homem disfarçado!


A líder do grupo, conhecida como Peroru, foi ao Twitter pedir desculpas e falar que o homem não faz mais parte do Whip.



A pergunta que fica é: como ele conseguiu enganar as outras 14 garotas do grupo por tanto tempo?

Abaixo tem um vídeo do Whip para vocês verem como é:



0 Comentários:

Postar um comentário