Mãe continua comprando Jump pro Filho que morreu em Desastre de 2011

Mãe continua comprando Jump pro Filho que morreu em Desastre de 2011







Mãe continua comprando Jump pro Filho que morreu em Desastre de 2011


Yuko Tanno é uma mãe que acabou perdendo seu filho de 13 anos, Kota, no desastre que atingiu o Japão em 2011, o terremoto seguido da tsunami.

O corpo de Kota foi encontrado no final de Março de 2011. Antes de morrer, ele usava seu dinheiro para comprar a Shonen Jump toda semana, e ele lia ela no seu quarto com seus amigos. Tanno então continuou comprando a revista desde a morte do filho, toda semana ela compra a mais nova edição. Mesmo não sendo uma fã de mangás, ela achou que o filho iria gostar de ''continuar a ler''.

Mãe continua comprando Jump pro Filho que morreu em Desastre de 2011

Cópias da revista foram colocadas no caixão do garoto e no altar que fica na casa. Toda segunda a mãe compra a Shonen Jump, se a revista estiver esgotada, então ela vai até uma loja de conveniência ou para um shopping procurar pela revista

Em breve as prateleiras do quarto de Kota estarão finalmente cheias. Neste ano, se estivesse vivo, Kota iria completar 20 anos, que é a idade adulta legal do Japão (e noticiamos dias atrás que a idade legal foi alterada para 18 anos, mas só vai valer mesmo daqui uns anos), por conta disso, Tanno está pensando em terminar de colecionar a revista para o filho.

Mãe continua comprando Jump pro Filho que morreu em Desastre de 2011

0 Comentários:

Postar um comentário