Algumas curiosidades de Darling in the Franxx Reveladas no Crunchyroll Expo 2018

Algumas curiosidades de Darling in the Franxx Reveladas no Crunchyroll Expo 2018





















Algumas curiosidades de Darling in the Franxx Reveladas no Crunchyroll Expo 2018


Rolou o Crunchyroll Expo 2018, e algumas pessoas que participam da produção de Darling foram lá revelar coisas e responder perguntas.

Participaram o diretor Atsushi Nishigori, o produtor Yuichi Fukushima e o designer de personagens Masayoshi Tanaka.

Abaixo tem as coisas mais importantes que eles falaram lá:
  • O time responsável pelos designs dos personagens tinha por volta de 5 a 6 pessoas
  • Em um momento eles discutiram muito se a mecha da Ichigo devia cobrir o olho dela ou não
Fukushima comentou sobre a treta no twitter após o episódio 14 do anime: ''Meu Twitter explodiu na metade do anime, mas de uma forma boa e ruim eu soube que muita gente assistia a esse anime, não só no Japão. Eu continuei escutando todos do Japão e do exterior, me fez notar que as pessoas estão realmente assistindo algo que eu estou fazendo, então foi uma sensação boa no fim''.

Eles ainda falaram sobre a decisão de não mudar a música entre os cours de Darling, segundo eles: ''Quando você está criando uma série original, é bom ter uma música tema forte, então quando eles escutam a música, eles pensam 'Oh, isso é Darling in the Franxx', se você usa uma música diferente entre as temporadas, o reconhecimento se separa entre as temporadas, então foi em parte decisão minha de continuar com a mesma música entre as duas temporadas, só com pequenas mudanças''.

Eles então mostraram designs iniciais do povo, coisas que já trouxe aqui:






Segundo Fukushima, a reação do público em relação ao episódio 14 foi inesperada, ele diz que o episódio 13 criou um pequeno barulho mas no 14 tudo explodiu, e a maior partes das reclamações vieram do exterior, poucos japoneses espressaram ódio, ele ainda revela que receberam vários e-mails e mensagens de ódio dos Estados Unidos e Europa, foram pegos de surpresa mas que esse fato não muda como eles fazem as coisas e que tudo isso morreu no episódio 15.

E daí não podia faltar aquela perguntinha né, perguntaram sobre ''politica de gênero'', dizendo que foi ''controverso'', principalmente o relacionamento de Mitsuru e Kokoro, e se o anime queria passar alguma mensagem sobre isso.

Nishigori respondeu: ''Hmm.... Honestamente, ''gênero'' significa algo ''diferente em cada país'', eu acho que é um tópico sensível. Sem isso nós não teríamos casamento ou filhos, então com o anime eu acho que a ideia de gênero tem significado, e que é necessário distinguir meninos e meninas, é algo que naturalmente aconteceu. Mas essa não é toda a história.

Você tem pessoas como Ikuno, que não encontra felicidade em se casar com um homem, eu quis mostrar vários pares e formas de viver, Mitsuru e Kokoro são só parte disso, não tudo.

Não é como se a gente tivesse decidido isso desde o começo, só se desenvolveu naturalmente nessa ideia, não é como se tivessemos criado Darling in the Franxx com um tema ou mensagem para passar, como você interpreta isso é com você.

E mais uma coisa, eu queria mostrar o contraste de escolhas de outros personagens com Hiro e Zero Two, os dois colocaram suas vidas em risco para salvar a Terra e foram lutar no espaço, já na Terra, Mitsuru e Kokoro ficaram e tiveram filhos. Eu acho que as pessoas têm escrutinado esses personagens porque é um grande contraste.

Fonte


0 Comentários:

Postar um comentário