A História de como Banana Fish virou Anime

A História de como Banana Fish virou Anime





A História de como Banana Fish virou Anime


A História de como Banana Fish virou Anime

Saiu na revista Febri informações bem legais sobre a produção do anime de Banana Fish, como o anime nasceu, algumas etapas de sua produção entre outras coisas, então estou aqui trazendo essas informações para você, são coisas realmente bacanas de saber.

A razão pela qual o mangá Banana Fish virou anime é por conta de Kyoko Uryu, produtora da Aniplex, ela é o motivo desse anime existir, esse é um mangá que ela queria ver transformado em anime, então ela montou um projeto de proposta e o apresentou a Shogakukan, a editora do mangá original, 5 anos atrás.

Ela então convenceu a Shogakukan e a mangaká original, Akimi Yoshida (foto abaixo) a produzir o anime, e isso ocorreu em 2013.

A História de como Banana Fish virou Anime
Akimi Yoshida

Então agora era hora de decidir o formato, Série pra TV, Filme etc e isso levou bastante tempo, além disso pensaram em quem poderia animar isso.

Uryu então se aproximou da diretora Hiroko Utsumi no Outono de 2015; na mesma época já haviam decidido por passar ele no noitaminA e a quantidade de episódios que o anime teria, 24.

A MAPPA então entrou no projeto e foi o produtor da MAPPA, Manabu Otsuka que chamou o roteirista Hiroshi Seko para o projeto, isso também no Outono de 2015.

A História de como Banana Fish virou Anime

Seko iria trabalhar na composição da série nessa altura, ele então rascunhou um roteiro e apresentou à Utsumi pela primeira vez no começo de 2016; após algumas discussões o rascunho foi revisado e ele terminou para o primeiro episódio no final do verão de 2016.

Os maiores desafios de Seko eram modificar a era em que o mangá passa para os dias atuais e comprimir os 19 volumes do mangá em 24 episódios. Para isso, ele, Utsumi e Uryu se encontravam todas as semanas em discussões que duravam horas.

A História de como Banana Fish virou Anime

Apesar de ser a razão pelo anime existir, Uryu dá créditos a Utsumi pela parte mais importante, na forma como o anime acabou.

Seko achou esse trabalho da história bem difícil e ele desejaria que cada episódio tivesse uns 10 minutos extras, ele terminou o seu trabalho em Dezembro de 2017 porém só foi ver o resultado nas exibições do episódio mesmo.

Utsumi e Uryu trabalharam bem próximas para manter a visão que tinham sob o anime, e até foram nas sessões de dublagem acompanhar os dubladores e ter certeza do que eles fariam com os personagens.

------------------------

Interessante né? Isso mostra que animes são pensados há muito tempo e demoram a vir à vida, eu acho bem interessante esse tipo de conteúdo para trazer a vocês.

Abaixo tem a fonte original dessas informações



E agradecimentos a Guilherme Duarte por ter me passado isso no Twitter, caso queira você pode me seguir lá por esse link.




0 Comentários:

Postar um comentário